OBJETIVOS

É objetivo final do projeto a promoção da implementação de equipamentos de climatização eficientes e renováveis em edifícios públicos, que sirvam de exemplo à utilização deste tipo de tecnologias, desenvolvendo simultaneamente um setor de mercado com grande valor acrescentado.

Para tal, estudar-se-á o desempenho energético de 115 edifícios públicos, selecionando os que apresentem maiores deficiências e apresentando propostas para 19 deles, culminando com a implementação de medidas de eficiência e instalação de equipamentos renováveis em 10.

Pretende-se, desta forma, criar uma rede de edifícios com medidas de construção bioclimáticas e 500 kW de eficiência térmica e renovável.

São objetivos intermédios, os seguintes:

Criar uma rede de instalações renováveis em edifícios públicos que permita potenciar e tornar visíveis os dados de viabilidade económica e energética dos sistemas de climatização;

Criar/formar um grupo de profissionais qualificados que permitam desenvolver o tecido empresarial em torno das tecnologias de climatização que utilizem sistemas de energias renováveis, como é o caso da biomassa ou bombas de calor geotérmicas;

Disponibilizar ao público e aos profissionais de climatização um Mapa do Potencial Geotérmico das regiões-alvo;

Aumentar a consciência dos benefícios da utilização de bombas de calor geotérmicas em edifícios, promovendo a ativação de um mercado com potencial demonstrado a nível internacional, mas pouco explorado na euro-região EUROACE;

Promover o fortalecimento de um setor empresarial com elevado conteúdo técnico, através da melhoria das suas competências e da diversificação de serviços de valor acrescentado;

Promover a criação de modelos empresariais inovadores, como é o caso das ESEs;

Assegurar uma gestão contínua de edifícios melhorados através de sistemas de monitorização e gestão de consumos energéticos;

Obter, através de dados empíricos, roteiros, manuais técnicos e diretrizes específicas para a conceção, gestão, manutenção e controle de sistemas renováveis eficientes na administração pública.